pIPPS-ceTerritoriosColaborativos-2017-1

3ª Edição – Curso de Especialização em Territórios Colaborativos: Processos, Projeto, Intervenção e Empreendedorismo

  Uma proposta singular e inovadora no quadro nacional da oferta formativa de ensino superior, reafirmando o papel da Arquitectos Sem Fronteiras – Portugal, do ISCTE-IUL e da Câmara Municipal de Lisboa na aproximação a problemáticas emergentes da condição arquitetónica e urbana contemporânea, antecipando mudanças de paradigmas sobre o modo como se equacionará a prática […]

20626829_10155639440178824_2413006659340279982_o

Acção ASF-P nos dias 26 e 27 de Agosto – Chamada de Voluntários

  Na continuidade dos trabalhos realizados entre os dias 6 e 8 de Agosto, em Figueiró dos Vinhos, na sequencia dos incêndios no centro do país, vai ter lugar uma nova acção nos dias 26 e 27 de Agosto. Os voluntários estão cobertos pelo seguro feito pelo município. A participação na acção de voluntariado pode […]

IMG_9725 copy

Acção ASF-P nos dias 6 e 7 de Agosto – Chamada de voluntários

Na sequência dos incêndios do passado mês de Junho, irá decorrer em Figueiró dos Vinhos a primeira acção com a participação ASF-P. Trata-se de trabalho de remoção de entulho e de avaliação simples do edificado, e será executado em articulação directa com a Câmara Municipal, que providencia as refeições, bem como disponibiliza o pavilhão gimnodesportivo para […]

Símbolos ASFP

ASF-P – Voluntariado

A ASF-P procura apoio de voluntários para edição de imagem, criação e gestão de conteúdos do site e redes sociais.  Pede-se aos interessados para entrar em contacto para info@asfp.pt.  

Símbolos ASFP

Voto de pesar

Lamentamos todas as perdas que resultaram dos incêndios recentes na zona centro do país e agradecemos o contacto dos que se têm manifestado disponíveis para apoiar acções em benefício do reestabelecimento das condições de vida locais. Caso tenha disponibilidade para colaborar, por favor preencha o formulário que se encontra abaixo. Formulário de participação Saudações sem Fronteiras

Os estaleiros em causa tratam-se de estruturas anfíbias em madeira que se erguem sob uma das baías de Coloane. Durante séculos dali saíram centenas de juncos e outras embarcações de pesca até meados de 2003 quando as encomendas para embarcações caíram a pique. – Ali ficou uma aldeia com várias famílias e mestres carpinteiros que têm tentado sobreviver com dificuldade. Fundaram uma associação e  actividades conjuntas. Um mestre construtor fabrica hoje em dia miniaturas de embarcações e dizia o filho amarguradamente que ainda existe o conhecimento sobre a construção e que seria uma pena se perder assim. Outra família abriu um café e aos poucos tem vindo a tornar-se um local turístico  alternativo onde algumas pessoas encontram um Macau antigo com uma identidade que já é difícil encontrar. As estruturas começam a degradar-se e a população tem esperança que o governo desenvolva algum esforço para as integrar dentro de um novo plano desconhecido.

Defesa do Património Vernacular – Estaleiros de Lai Chi Vun, Macau

Decorreu recentemente uma petição online, para que o governo de Macau suspenda a demolição dos estaleiros de Lai Chi Vunna ilha de Coloane, Macau, que contribuiu para a decisão de proteger e avaliar este património. Os Estaleiros de Lai Chi Vun representam a memória de uma indústria naval que em Macau teve grande importância, sobretudo numa época em […]